Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

NOTÍCIAS

Presidente do TJ recebe crianças do projeto “Lutando por Vidas”

O presidente do TJ, Henrique Figueira (no centro), ao lado do presidente do STF Luiz Fux, recebeu cerca de 30 crianças do projeto "Lutando por vidas" Sorrisos, olhos admirados, vozes e exclamações infantis. A manhã desta sexta-feira, (24/9), foi diferente no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ). Cerca de 30 crianças do projeto “Lutando por vidas” participaram do evento “Um dia com o presidente” e conheceram um pouco mais sobre o funcionamento do Judiciário fluminense.  Após um lanche, a criançada foi recebida pelo presidente do TJRJ, desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira e pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, no Salão Nobre do Fórum Central. O evento teve início com a apresentação de balé da Escola de Dança e Expressões Corporais Marcelly e Companhia, do Projeto Ballet Favela com Arte, do Complexo de Acari.  O presidente do TJ saudou as crianças, agradecendo a presença de todos.  “É gratificante estar com vocês. Esse dia com o presidente sempre nos traz alegria e emoção. Espero que essa semente que está sendo plantada dê frutos e que vocês estudem, brinquem, e se esforcem para ter, no futuro, tudo de melhor que merecem. Claro que as dificuldades podem ser maiores para alguns. Mas, com esforço, força de vontade e ajuda vocês podem vencer. Nós temos aqui exemplo de três pessoas que tiveram muitas dificuldades, mas que conseguiram sucesso: o empresário David Bispo, o desembargador Celso Luiz de Matos Peres e o Jorge Turco”, disse.  O presidente do STF Luiz Fux contou às crianças que tem netos com a faixa etária delas. Ele deu um conselho precioso aos pequenos: acreditar, sempre, nos sonhos. “Em primeiro lugar, sugiro que vocês acordem, pela manhã, e pensem o que vão fazer de bom durante o dia.  Em segundo lugar, tenham amor pelo nosso país. E, por fim, tenham a capacidade de sonhar. Se você quer ir alto, sonhe alto. Nós somos do tamanho de nossos sonhos. Que Deus permita que seus sonhos sejam realizados”, desejou.  Durante o encontro, o presidente do Instituto Brasileiro “Lutando por vidas” Jorge Turco entregou presentes aos integrantes da mesa, feitos pelos beneficiados pelo projeto “Arte e Liberdade”, desenvolvido dentro do sistema prisional.  “Aqui estamos com crianças de Campo Grande, Acari e Chapéu Mangueira. Fico satisfeito de ver que o nosso trabalho tem avançado, não só com crianças, mas também com egressos do sistema penitenciário. Estamos de braços abertos para aqueles que querem mudar de vida. E vocês, crianças, guardem essa oportunidade”, disse.  A pedido de Jorge Turco, em sua fala, o desembargador Celso Luiz de Matos Peres relembrou a infância pobre em Japeri. Ele contou que morava com a família em uma casa de sapé, sem luz elétrica. E que tinha que estudar à luz de lamparina.  “Todos que nascem em comunidade carente sabem que matamos um leão por dia. Eu vi vários colegas de infância serem mortos em confronto com a polícia, ou afundados nas drogas e no álcool. Nunca vou esquecer de onde eu vim. Nenhum de nós consegue nada sem foco, sem disciplina. Tenho certeza que vocês terão um futuro brilhante. No futuro, teremos muitos de vocês sendo empossados nesse tribunal como magistrados”, acredita. Outra história de superação que foi contada no evento foi a do empresário David Bispo, dono do Bar do David, no Chapéu Mangueira. Ele declarou que nasceu em uma comunidade carente e teve que trabalhar desde muito cedo. “Em 2010, tive oportunidade de abrir meu primeiro estabelecimento: uma ‘birosquinha’ na comunidade. Participei e ganhei o Prêmio Nacional Comida de Boteco. Fomos os primeiros representantes da favela a vencer um concurso gastronômico. Saímos em jornais e revistas. Hoje, temos uma marca reconhecida internacionalmente e recebemos a visita de famosos e autoridades. Vocês precisam seguir os bons exemplos, estudar e se preparar para as oportunidades. A sua origem é a minha origem”. Admiradas, as crianças pareciam querer absorver cada momento do encontro. Júlio César da Silva, de 9 anos, disse que quer ser médico e os exemplos do desembargador e do empresário David Bispo o incentivaram a estudar mais. Já Evelyn Magalhães, de 10 anos, contou que pretende ser modelo ou atleta. “Eu sou alta para apenas dez anos, então acho que terei sucesso nessas profissões”, conta.  Ela acrescentou que gostou muito do encontro com o presidente e elogiou uma parte especial do evento. “O lanche estava ótimo! Ganhamos maçã, biscoitos, balas... uma delícia!”, sorri. O presidente do TJ posa com as crianças do projeto "Lutando por vidas" Ao fim do encontro, o presidente inaugurou a Exposição prisional “Lutando por Vidas”. As crianças receberam presentes, tiraram fotos e visitaram a exposição e outras dependências do TJ.  MG/MBFotos: Brunno Dantas/ TJRJ
24/09/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia